quarta-feira, 10 de março de 2010

hoje pontiagudo



quero quebrar coisas
perfurar paredes com minha raiva
e quebrar o chão com o peso do meu ódio
depois vou fugir de mim, correr para meus braços
e ficar comigo mesma
digerindo e digerindo os espinhos do dia

2 comentários:

San disse...

Todo mundo tem uma casinha na arvore.

Lola disse...

e ela é fundamental, não?